O que eu gosto é de ensinar Basquetebol, seja S14, S16 ou Minis


Quando aceitaste este desafio de orientar os sub14, conhecendo a equipa, era um objetivo realista alcançar o Campeonato Nacional? Porquê?

Desde que sou treinador, nunca aceitei ou deixei de aceitar convites em função da equipa, mas sim pelo projeto e pelas pessoas que estão envolvidas, neste caso no Algés e porque gosto de ensinar Basquetebol, independentemente de ser Sub14, Sub16 ou Minibasquete. Quando começamos em Setembro, desta equipa Sub14 estavam apenas 5 jogadores, e foram aparecendo miúdos durante os primeiros meses, alguns deles pela primeira vez na modalidade, outros vindo de outros clubes e com eles fomos desenvolvendo competências treino após treino, jogo após jogo e fomos todos crescendo ao longo destes 6 meses.

Eu não coloco um objetivo fixo para a época. Os objetivos para estas idades são colocados semana a semana, mês a mês. A Fase final tornou-se objetivo após a 3ª vitória na 3ª fase do Distrital, o 5º lugar Distrital tornou-se objetivo na 2ª vitória da Final4 e o Campeonato Nacional tornou-se objetivo á uma semana atrás.

Estas conquistas aumentam a Autoestima dos atletas, são importantes para o Clube, mas o que me motiva é ver a evolução dos miúdos como jogadores e como cidadãos responsáveis, educados e respeitadores dos seus pares.


O que pensas que fez a diferença entre a nossa equipa e as restantes de Lisboa para termos alcançado o 5.º lugar?

Bom, é um lugar comum, mas de facto foi a união do grupo e o acreditar até ao fim que era possível sairmos felizes no final de cada jogo. Os 3 jogos da fase final foram um claro exemplo disso. Entramos nos 4ºs quartos quase sempre em desvantagem, e embora não fossemos os melhores tecnicamente nem os mais fortes fisicamente, conseguimos superar as dificuldades dando o melhor de cada um em prol da equipa, e quando isso acontece a equipa é muito melhor.


Quais as melhorias que esperas ver na equipa até ao final da época, sabendo que o Campeonato Nacional vai ser 'duro'?

Em formação e em particular nos Sub14, são importantíssimos aquilo a que chamamos os fundamentos individuais ofensivos e defensivos, tomadas de decisão com e sem bola e o nosso percurso até aqui baseou-se muito nesse princípio. Mesmo que agora não estivéssemos no campeonato nacional o meu plano até fim de época é ensinar o jogo e ensinar os momentos do jogo, digamos que vamos incidir o nosso trabalho mais no aspeto coletivo.

O contacto com outras realidades vai fazer crescer ainda mais esta equipa e espero que aprendam mais com as derrotas que com as vitórias.


Qual a principal característica da nossa equipa? Porquê?

Alcançar objetivos, trouxe a estes miúdos a noção que treinar concentrados e com vontade de fazer bem pode trazer bons resultados. O compromisso, a vontade de aprender, o espirito de grupo dentro e fora de campo tem sido espetacular e o resultado está à vista. Uma palavra para os Pais que têm sido um elo muito importante neste grupo, que acreditaram no nosso trabalho e que nos confiaram os filhos para o desenvolvimento desportivo, social e de amizade entre todos.

105 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo